quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Poema - "Stephanie, a mulher mais temida de 2014"



Poema - "Stephanie, a mulher mais temida de 2014"
(Autoria do Mensageiro da Vidigueira)



Que terrível ventania
Se alastrou incansavelmente
Com rajadas de ousadia
Que a todos lesam irremediavelmente.


A criminosa tem um nome - Stephanie,
Mal encarada,
E portadora dum feitio insuportável
O que a torna pouco amável.


Dizem que nenhum admirador lhe escreveu,
Nestes dias de São Valentim;
Mas que rogou pragas no seu secreto folhetim,
Amaldiçoando estes dias com a chuva que ela elegeu.


Pelo ar, voou tanta telha e até boa gente,
Maldita sejas, mulher desequilibrada,
Possuidora duma perversa mente
Que semeia o pânico na estrada!


Prejuízos incalculáveis nas casas de inocentes,
Ela lá quer saber!
Só entoa cantigas de amor e mal-dizer,
E difunde o terror entre os mais frágeis residentes.




Imagem nº 1 - A Stephanie (nome dado a esta tempestade - Fevereiro 2014) está endiabrada, já que dizem que ninguém lhe escreveu uma carta de amor. Quem é que quer tomar a iniciativa? Mas se escreverem, tenham cuidado para não a enervarem mais, senão vamos todos fazer uma viagem ao Espaço! Esta "diva" tem poderes!

Sem comentários:

Enviar um comentário